CNN publica artigo sobre o Presidente Nelson: Moisés de terno e gravata

“Quando as mensagens chegam no meio da noite, Russell M. Nelson escreve o que recebe do Senhor”, Daniel Burke da CNN escreve.

“Querida, está acontecendo”, o presidente de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias diz a sua esposa, Wendy Nelson.

“Eu fico ali em silêncio enquanto ele está sentado no lado da cama, escrevendo”, disse ela em um vídeo recente da Igreja.

“Às vezes a esposa do profeta precisa sair da cama, embora ela prefere dormir.”

Esse notável processo de revelação, que aconteceu com mais regularidade desde que o Presidente Nelson se tornou profeta de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias, foi o foco de um novo artigo da CNN, “Por Que A Igreja ‘Mórmon’ Mudou de Nome (Tem a ver com Revelação, Não com Logomarca)”. Entre estas revelações recentes, Daniel Burke colocou a ênfase recente no nome completo de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias.

“O Senhor impressionou na minha mente a importância do nome que Ele decretou para Sua Igreja”, disse o Presidente Nelson.

O artigo da CNN cita Kathleen Flake, uma especialista em doutrina da Igreja da Universidade da Virgínia, que fala sobre o Presidente Nelson e outros profetas, “não há como confundir, ele é Moisés de terno e gravata… alguém que guia as pessoas, escreve escrituras e fala com Deus”.

O artigo continua:

“Muitas religiões falam de revelações. Elas enchem grande parte do último livro do Novo Testamento e muitas partes da Bíblia hebraica mais antiga, na sarça ardente que inspirou Moisés, na “voz mansa e delicada” que sussurrou a Elias.

“Mas muitos crentes modernos consideram a Bíblia cânones fechados, as últimas palavras que vamos ouvir de Deus antes de a trombeta final soprar. Essas religiões pensam que a época da profecia já passou. Mesmo o Papa Francisco fala de “discernir” a vontade de Deus, mas raramente de revelações.

“Os santos dos últimos dias, como preferem ser chamados, acreditam na revelação contínua. Seu cânone está aberto, pronto para ser revisto ou suplementado por seu Cadre superior dos líderes, primeiramente entre quem é o Presidente da igreja, que é considerado um profeta, um vidente e um Revelator. Em alguns círculos, Nelson é chamado, simplesmente de ‘o profeta’.

Burke continua a explicar a história da revelação moderna na Igreja, e também como a revelação tem guiado a vida do Presidente Nelson desde que ele era um menino. Além disso, ele captura grande parte da emoção que os membros da Igreja experimentam hoje vivendo em uma igreja onde podemos ver a revelação em ação. “As pessoas sentem que esta é uma época muito dinâmica na Igreja”, Steve Evans disse à CNN, “pois eles têm um presidente que fala abertamente sobre ser liderado por Deus, que é muito emocionante. Dá pra sentir que temos propósito e que as coisas estão indo em uma direção positiva”.

De muitas maneiras, o Mormonismo não é tão diferente de outras relgiões americanas, que também estão lutando com crises de autoridade e se esforçando para se conectar com Millennials cada vez mais seculares.
No que você pode chamar um discurso profético, Nelson disse aos Millennials Mórmons em 2016 que, em uma sociedade repleta de “servos de Satanás”, somente os próprios profetas de Deus podem ser verdadeiramente confiáveis.
“Os profetas enxergam adiante. Eles enxergam os perigos angustiantes que o adversário colocou ou ainda vai colocar em nosso caminho. Os profetas também prevêem as grandes possibilidades e privilégios que aguardam aqueles que ouvem com a intenção de obedecer.”Se há uma coisa que sabemos, é que Nelson está ouvindo e escrevendo tudo em seu caderno amarelo.

Fonte: CNN

Relacionado: 

O mundo todo está convidado para a comemoração do aniversário de 95 anos do Presidente Nelson

The post CNN publica artigo sobre o Presidente Nelson: Moisés de terno e gravata appeared first on maisfe.org.

O post CNN publica artigo sobre o Presidente Nelson: Moisés de terno e gravata apareceu primeiro em Portal SUD.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *