Como demostrar a importância do evangelho para os jovens

Nossos filhos estão crescendo em um mundo muito diferente do nosso. Eles consomem informações em tweets de 144 caracteres, 2 cliques e memes virais.

Eles podem encontrar respostas instantâneas, podem ver o “como se faz” de qualquer coisa, e criar obras de arte apenas com os dedos.

Eles amam o que é real e autêntico, eles ficam incomodados com a quietude e reconhecem o que é ‘fake’ mais rápido do que podem soletrar.

Eles são ensinados a questionar, amar o cínico e desconfiar da autoridade. É de se espantar que conquistar e manter a atenção deles para o aprendizado do evangelho ou do Vem, e Segue-Me, não seja não simples como achávamos que seria?

Descobri que a melhor maneira de conquista-los para o ensino do evangelho é ao mostrar o quão relevante o evangelho é para a vida diária deles, e não somente para a salvação eterna.

Quando ajudo meus jovens filhos em casa e na igreja a entender porque o evangelho é importante para eles AGORA e o apresento de uma maneira que eles podem alcançar, tudo muda. Seguem algumas maneiras que podem ajudar vocês a conquistar o interesse e a atenção desses jovens.

Contextualize as histórias das escrituras.

A maioria dos jovens já ouviu sobre a história de Néfi quebrando o arco, mas eles não conseguem se identificar inteiramente com esta experiência, mas quantos se identificam com a tentativa de fazer o que é certo e mesmo assim tudo dar errado? A maioria!

Essa história é uma boa maneira de ensinar de uma forma mais atual, importantes lições de vida como permanecer otimista, trabalhar duro mesmo depois de uma decepção, fazer novos planos, e então ser abençoado pelo Senhor.

É uma ótima oportunidade para compartilhar algo que cada um de nós passou que possa ser parecido com o que Néfi passou, e como perseveramos e confiamos no Senhor.

Nós devemos comparar as escrituras com as nossas vidas a cada oportunidade e ajudar nossos filhos a fazer o mesmo.

Entenda e explique as escrituras

Notei que a maioria dos jovens têm problemas para entender as escrituras e a linguagem em que elas são escritas. Então, temos que ajuda-los!

Podemos fazer isso ao dar a eles um pequeno contexto, resumindo que estamos lendo, perguntando ao grupo o que eles entenderam ou quais são as perguntas que eles têm sobre o que foi lido, então poderemos testificar dos princípios que foram ensinados.

Isso requer um pouco mais de esforço de nossa parte… temos que estar preparados, então podemos precisar de mais tempo para estudar ou comentar, talvez tenhamos que assistir a vídeos ou podcasts, ou pedir ajuda a alguém.

Se não temos certeza sobre o que estamos ensinando, nossos jovens percebem e logo perdem o interesse. É impossível converter a outras pessoas sem antes convertermos a nós mesmos.

Use eventos atuais.

Os jovens gostam de saber que o que estão aprendendo é importante agora. Se você está ensinando sobre gratidão, encontre um artigo que mostre como a prática diária da gratidão aumenta a felicidade.

Você está ensinando sobre mídia saudável? Procure um artigo que mostre os efeitos do tempo excessivo na tela. Você está ensinando sobre serviço? Encontre um estudo que mostre os benefícios de viver uma vida que não é voltada para si mesmo.

Compare o que você está estudando ao mundo ao seu redor. Mostrar como que os princípios ensinados por Deus, nos ajudam a levar a uma vida mais gratificante hoje, tem um grande efeito sobre os jovens.

Permita que eles conversem

A maior reclamação que ouço dos jovens é: “Nossos professores não nos deixam conversar” ou “Parece que eles querem apenas passar a lição toda” ou “Não foi realmente uma discussão”.

Os Jovens querem ser ouvidos. Eles querem compartilhar ideias e opiniões e, se não houver espaço para isto, então o que está sendo ensinado não é relevante para eles.

Não tenha medo de não terminar uma lição. Não encerre uma boa discussão. Não tenha medo de sair do tópico por um minuto. Nunca trate o ‘Vem, e Segue-Me’ como uma palestra.

Mude

A maioria dos nossos jovens está acostumada a mudar frequentemente de conteúdo. Portanto, se você quiser manter as coisas relevantes, mude a maneira como ensina.

Adicione uma atividade, um vídeo ou trabalho de grupo. Ficar apenas sentado e escutando por uma hora é muito tempo para alguém se comprometer a ouvir tudo o que está sendo ensinado.

Vá a eventos locais

Tenha contato com o que está acontecendo na vida dos jovens com quem trabalha. Se o baile está chegando, talvez você possa abordar o assunto na aula.

Se alguém acabou de participar de uma oportunidade de serviço, peça que compartilhe suas experiências. Alguém está prestes a tirar a licença para dirigir? Talvez seja uma oportunidade de falar sobre regras e leis.

Mantenha-se conectado com aqueles que ensina e use o Espírito para ajudar a guiar sua discussão para o que será mais significativo para seus alunos.

Use experiências pessoais

Na minha opinião, nada torna o evangelho mais relevante do que compartilhar nossas próprias experiências pessoais. Nunca hesite em mostrar como o evangelho o afetou pessoalmente para sempre e peça que outras pessoas façam o mesmo.

Deixe-os compartilhar

As experiências pessoais mais poderosas são aquelas compartilhadas pelos alunos ou pelos jovens de sua própria família.

Você pode precisar avisar com antecedência, dar tempo para eles pensarem ou dar algo para que escrevam seus pensamentos. As experiências pessoais tornam o evangelho mais real, acessível e factível.

conversando sobre crenças

Responda as perguntas

Uma das coisas mais importantes que podemos fazer por nossos jovens alunos é estar dispostos a responder as suas perguntas, a reconhecer quando uma certa doutrina ou princípio é difícil de ser compreendido ou quando o mundo vê um problema de uma maneira diferente da nossa.

Quando agimos como se tudo fosse fácil e devêssemos ter fé, perdemos a relevância e podemos impedir testemunhos.

Ensine a verdade

Como os jovens de hoje valorizam a honestidade e a realidade, devemos estar atentos ao ensino da verdade. Por exemplo, as pessoas costumam dizer: “Se você guardar os mandamentos, terá uma vida feliz.”

Quando, na realidade, muitas coisas difíceis acontecem a pessoas realmente boas e a pessoas que guardam os mandamentos e lutam de várias maneiras.

Uma declaração mais correta seria: “Guardar os mandamentos permite que você acesse o Espírito e encontre paz e esperança em momentos felizes e difíceis.”

Seja cuidadoso com as declarações gerais que podem ser facilmente desmascaradas. Os jovens enxergam exatamente isso.

Desafie-os

Falar sobre uma ideia ou princípio é bom, mas permitir que isto aconteça na vida desses jovens, é quando o verdadeiro aprendizado e a conversão ocorrem.

Cada vez que você ensinar, tente pedir que eles vivam o princípio que ensinou por uma semana ou duas e veja como isso os transforma.

Lembre-os do desafio e participe você mesmo. Compartilhe como isso mudou sua vida diária e permita que outras pessoas compartilhem também!

Quando os jovens que você ama começarem a se envolver no evangelho e começarem a entender porque isso é importante para eles agora, eles perceberão a paz que o evangelho os traz, a fé que os incentiva, a paciência que os ensina e a conexão real que ele proporciona.

Eles entenderão o significado de “plano de felicidade” e começarão a almejá-lo com mais frequência em suas próprias vidas.

Fonte: LDSLiving

Relacionado:

Elder Uchtdorf: Deus sempre estará conosco durante os nossos momentos mais difíceis

O post Como demostrar a importância do evangelho para os jovens apareceu primeiro em Portal SUD.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *