Medalhão das Moças é dado a uma escritora não membro

Nish Weiseth é uma cristã fiel e escritora. Ela não é membro de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias, mas até recentemente viveu em uma área altamente povoada por membros da Igreja, incluindo a escritora santo dos últimos dias Emily Belle Freeman. As duas se tornaram amigas, e logo Weiseth começou a fazer coisas que podem ter parecido estranhas para quem olhasse de fora, como assistir a todas as sessões da conferência geral e receber seu medalhão das Moças. Em uma entrevista, ela discute sua amizade única e seu desejo de aprender mais sobre suas respectivas crenças.

O que fez você querer ir à conferência geral ou pegar o medalhão das moças?

líder das moças

Estou sempre ansiosa para ouvir o que os mais velhos, as pessoas mais sábias têm a dizer, independentemente da sua tradição de fé. Acho que estamos vivendo um grande problema em nossa cultura agora, pois simplesmente não estamos respeitando os nossos idosos. Nós não estamos olhando para as pessoas que têm mais sabedoria e experiência de vida, e que têm algumas coisas a dizer. Não levamos o que eles dizem a sério. Eu tenho um tipo de amor profundo e duradouro por eles.

Quando decidi receber o meu medalhão das Moças, e eu não sabia que não precisava pegar minha abelhinha, mas peguei e estávamos na casa da família de Emily em Heber. Nós duas estávamos em um retiro de escrita. Ela tinha um projeto em que ela estava trabalhando e eu tinha outro projeto com o qual estava trabalhando. Estávamos fazendo uma pausa da escrita e estávamos na cozinha. Estávamos tendo algum tipo de conversa sobre algo nas escrituras, então ela puxou as escrituras, e eu não sei porque eu nunca tinha notado isso antes, mas eu notei que ela tinha todos esses marcadores de fita. Eu tenho uma Bíblia enorme estudo e perguntei: “Onde você conseguiu isso? Eu adoraria ter um marcador com várias fitas diferentes que eu possa marcar lugares diferentes. Ela disse: “Bem, você tem que merecê-las” E eu disse: “Como assim merecê-las?” Foi quando ela me contou sobre o programa das Moças, e eu meio que parei e imediatamente disse: “É claro que vou fazer isso, porque eu quero essas fitas.” Mas a segunda parte foi, quanto mais eu pensava sobre isso, nós vivemos em Idaho agora, mas na época estávamos em Utah e não tinha planos para sair, e eu pensei: “Você sabe o que eu tenho uma filha e ela vai ser criada nesta cultura e ela vai conviver com moças santos dos últimos dias que estarão fazendo esse programa, que vão fazer essas coisas e ganhar suas fitas e tudo mais. Ela pode até ser convidada a participar em algumas atividades, e do ponto de vista de uma mãe eu adoraria que ela falasse comigo sobre o que ela está aprendendo com seus amigos ou fizesse perguntas que seus amigos têm ou vice-versa”.

O que eu não estava esperando foi que ao fazer o programa das Moças e receber o meu medalhão, descobri muitas coisas que só edificaram a minha própria fé. Aprendi muitas coisas sobre mim, sobre ser mãe, sobre o que significa ser mulher, tudo por meio desse programa. É uma ferramenta de discipulado incrível, e fiquei honrada por ter completado e recebido o meu medalhão. Eu consegui minhas fitas, eles estão na minha Bíblia. Foi uma experiência maravilhosa.

Fonte: LDSLiving

Relacionado:

Mulher de 102 Anos Ganha O Medalhão das Moças da Presidência Geral das Moças

The post Medalhão das Moças é dado a uma escritora não membro appeared first on maisfe.org.

O post Medalhão das Moças é dado a uma escritora não membro apareceu primeiro em Portal SUD.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *