Novas orientações de seguranças relacionadas aos prédios da Igreja em caso de tiroteios e outras emergências

A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias atualizou as orientações para ajudar os líderes e os membros a permanecerem seguros enquanto estão utilizando as capelas. “As mudanças que estão ocorrendo ao redor do mundo” são o impulso para essa atualização, escreveu o Bispado Presidente da Igreja, em uma carta aos líderes da Igreja.

A carta assinada pelo Bispo Presidente Gérald Caussé e seus conselheiros, Bispo Dean M. Davies e Bispo W. Christopher Waddell diz:

“Essas orientações foram feitas para ajudar a educar líderes e membros a como aumentar a segurança nos prédios e atividades da Igreja. Convidamos os líderes a discutir as orientações, em conselhos de ala e estaca e a usá-las para ensinar os membros, de acordo com a necessidade, para lidar com as preocupações locais. Os líderes devem aplicar essas orientações apropriadamente e estar informados sobre as leis locais.”

As orientações direcionam os Santos a confiar na aplicação da lei local em emergências e sugeri que os membros implementem várias práticas para aumentar a segurança. Essas práticas incluem: estar atento ao que há em sua volta, ficar calmo, ser amigável e respeitoso com todos os visitantes, não ficar sozinho na capela e seguir os sussurros do Espírito Santo para orientação e segurança. As orientações também ajudam os líderes a responder melhor em momentos onde um serviço de adoração é interrompido por um indivíduo ou um grupo de pessoas.

As orientações finalizam com um conselho em como reagir a um atirador ou outro tipo de agressor. Essas instruções são ensinadas por experts em aplicação da lei e segurança, como a maneira mais apropriada para responder a tais situações. Líderes e membros são instruídos a correr, se esconder de disparos, dependendo das circunstâncias:

Corra. Fuja imediatamente se há um caminho livre disponível. Siga rápido para uma saída de emergência e para longe do prédio e para um local seguro. Saia rapidamente, sem chamar a atenção do agressor. Os adultos devem se assegurar de que todas as crianças são supervisionadas e contabilizadas. Não retorne ao prédio ou para o escritório ou sala de aula para buscar itens pessoais. Não carregue nada que pode ser confundido com uma arma pelas autoridades locais.

Se esconda. Se não há como sair em segurança, se esconda da visão do agressor. Se possível, feche, tranque e faça uma barricada na porta da sala, escritório ou no cômodo em que você está escondido. Desligue as luzes, silencie o celular, e se mantenha agachado junto ao chão e longe de janelas. Se houver troca de tiros entre a polícia e o agressor, todos no prédio devem se manter em suas salas até que recebam outro tipo de instrução pelas autoridades locais.

Lute. Como último recurso, se não há tempo para correr ou esconder, lute contra o agressor. Use o que estiver disponível como arma e lute para parar o agressor. Se há outras pessoas presentes, se organizem para se defenderem.

Mais informações podem ser obtidas em inglês no seguinte link: security-update-international.pdf

Fonte: Newsroom

O post Novas orientações de seguranças relacionadas aos prédios da Igreja em caso de tiroteios e outras emergências apareceu primeiro em Portal SUD.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *