Pres. Nelson: “Não temos que ser iguais para amar uns aos outros”

O Presidente de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias lembrou os presentes na 110ª convenção nacional anual da Associação Nacional para o Progresso das Pessoas de Cor (NAACP), que as diferenças não precisam prejudicar a sociedade.

“Estamos todos conectados, e temos uma responsabilidade dada por Deus para ajudar a tornar melhor a vida daqueles que nos rodeiam”, disse o presidente Russell M. Nelson durante um discurso no evento. “Nós não temos que ser iguais ou parecidos para para amar uns aos outros. Nós nem sequer temos que concordar para amar uns aos outros. Se tivermos alguma esperança de recuperar a boa vontade e o senso de humanidade pelos quais ansiamos, devemos começar com cada um de nós, uma pessoa de cada vez. ”

Nos últimos 18 meses, a Primeira Presidência e a NAACP se reuniram várias vezes para buscar iniciativas conjuntas de educação e emprego na região. Eles personalizaram os materiais e programas de serviços de autossuficiência da Igreja para serem mais eficazes para o grupo. As duas organizações também se reuniram na Praça do Templo em maio para convocar todas as pessoas, organizações e governos a trabalharem juntos para alcançar maior civilidade e harmonia racial. Em julho passado, o Élder Jack N. Gerard, dos Setenta, falou na 109ª convenção anual da NAACP em San Antonio, Texas.

“Eu oro para que possamos cada vez mais chamar uns aos outros de amigos queridos “, concluiu o Presidente Nelson no domingo. “Que avancemos fazendo tudo em nosso alcance para exemplificar os dois grandes mandamentos – amar a Deus e amar cada um de Seus filhos. De braços dados e ombro a ombro, podemos nos esforçar para ministrar nossos irmãos e irmãs em todos os lugares, de todas as formas possíveis. Este mundo nunca será o mesmo.”

No início deste ano, a Igreja honrou o compromisso da NAACP de promover igualdade e justiça na sociedade.

“Estou honrado em ter A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias como parceira da NAACP para promover igualdade e justiça para todos”, disse o presidente e CEO da NAACP, Derrick Johnson. “Devemos reconhecer e aceitar a importância de criar amizade com aqueles que estão despertando a consciência desta nação – a Igreja está comprometida em fazer isso.

Além de suas atividades conjuntas com a NAACP, a Igreja busca fortalecer indivíduos e famílias afro-americanas por meio da genealogia. A Igreja doou US $ 2 milhões em fevereiro para o Museu Internacional Afro-Americano (IAAM). Em dezembro de 2016, a Igreja forneceu um banco de dados indexado da histórica Freedmen’s Bureau Records to the Smithsonian National Museum of African American History and Culture em Washington, DC. O banco de dados contém informações genealógicas de afro-americanos libertos após a Guerra Civil.

Desde que se tornou Presidente da Igreja em 2018, o profeta deixou claro em palavras e ações seu desejo de ser um construtor de pontes com todos os povos, religiões, culturas e comunidades.

“Somente a compreensão da verdadeira paternidade de Deus pode trazer plena apreciação da verdadeira irmandade dos homens e da verdadeira irmandade das mulheres”, disse o Presidente Nelson durante uma celebração de 2018 sobre diversidade e unidade na Igreja . “Essa compreensão nos inspira com o forte desejo de construir pontes de cooperação em vez de muros de segregação”.

Fonte: Newsroom.churchofjesuschrist.org

O post Pres. Nelson: “Não temos que ser iguais para amar uns aos outros” apareceu primeiro em Portal SUD.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *