Visita o Presidente Russel M. Nelson no Pavilhão de Exposições do Parque Anhembi em São Paulo.

Primeiro de Setembro de 2019 foi um dia inesquecível para os membros da igreja no Brasil, principalmente para aqueles que puderam presenciar fisicamente a visita o Presidente Russel M. Nelson no Pavilhão de Exposições do Parque Anhembi em São Paulo.

Uma grande estrutura foi preparada para receber 37 mil pessoas, dentre elas líderes governamentais, religiosas e pessoas de alta patente militar.

Enquanto ainda não começava o evento e as pessoas já vinham chegando e se acomodando, mais algumas entrevistas foram realizadas: Élder Adilson de Paula Parrella (1º Conselheiro) e Élder Joaquin E. Costa (2º Conselheiro) ambos conselheiros na Presidência da Área Brasil, e com suas esposas, também cederam entrevista, relatando a importância e efeito que tem a visita de um profeta e um dos apóstolos no Brasil.

Mais entrevistas foram realizadas, incluindo o Élder Carlos Wizard Martins, mais conhecido por seu empreendedorismo, que serve uma missão de ajuda humanitária em Roraima, visando contribuir com a interiorização dos refugiados venezuelanos conversou conosco a respeito deste dia memorável.

O evento contou com a presença do Governador do estado de São Paulo, João Dória e do Prefeito da cidade Bruno Covas. Ambos tiveram o privilégio de conversar alguns momentos com o Presidente Nelson e também com Elder Audukaitis, presidente da Área Brasil.

O Doutor Wagner Chiapetti, vice-prefeito da cidade de Barretos, que também é membro da igreja em entrevista salientou o reflexo da visita e mensagens direcionadas aos membros no Brasil. Os membros além de compartilharem a mensagem do profeta nas redes sociais irão também aplicar estes ensinamentos em suas vidas.

Durante à espera do início do evento, Marcio Galhardo salienta que esta é a quinta vez que um presidente da igreja visita o Brasil, e que nesta ocasião um coral de 800 vozes, que é duas vezes maior que o tradicional coro do Tabernáculo da praça do Templo, foi organizado para homenageá-lo cantando um hino de sua autoria.

A Dra. Damaris Moura Kuo, Deputada Estadual, também foi entrevistada e falou a respeito do importante trabalho da Igreja em relação a liberdade religiosa.

Entrevistamos também o Élder Massagardi, que já presidiu a área Brasil, e ele também fala do reflexo da visita do Profeta. Salienta que à doutrina da Igreja de Cristo inclui a revelação moderna e as visitas aos membros em distintos lugares acontecem desde o tempo de Cristo.

Os discursantes da devocional foram a irmã Cook seguida de seu marido Élder Cook do quórum dos Doze, irmã Nelson e Presidente Nelson.

Após a benção apostólica, Presidente Nelson compartilhou seu testemunho, um último hino foi cantado e a oração de encerramento foi proferida. Nos despedimos dele acenando com lenços brancos.

Confira principais trechos do discurso  de PRESIDENTE RUSSEL M. NELSON NO BRASIL

Ensinem as crianças que elas podem falar com Ele.

Ajude-as a entender que o corpo delas é sagrado e que têm uma responsabilidade sagrada com seu corpo.

Há dois objetivos que Seu Pai tem para nós: a imortalidade e a vida eterna. E Jesus Cristo tornou essas duas metas possíveis por causa da Expiação Dele. A imortalidade é uma garantia a todos que já viveram. E devido à expiação de Jesus Cristo, a vida eterna se torna uma possibilidade a todos aqueles que se qualificarem. Celebramos Sua expiação todos os domingos. Foi Ele quem veio com Seu Pai para restaurar a Igreja nesses últimos dias. (…) Assim vamos à Igreja restaurada pelo próprio Senhor. E Ele fez isso através de profetas. Joseph foi o primeiro nessa dispensação. E Deus sempre agiu por meio de profetas. Adão foi um profeta. Noé foi um profeta. Cada profeta teve uma dispensação de tempo. Todas as dispensações anteriores terminaram numa apostasia. E foram localizadas em um espaço limitado geograficamente. Mas essa dispensação não seria limitada no tempo ou localização. Ela continuará até a Segunda Vinda do Senhor. E não se limitará na localização de jeito nenhum. Ela encherá toda a Terra. Portanto, vocês que estão aqui hoje fazem parte dessa dispensação. (,,,) Agora vocês são mais de um milhão.

Recebemos escrituras por meio de Joseph Smith. Ele traduziu o Livro de Mórmon, um companheiro da Bíblia. Eu me maravilho como o profeta Joseph traduziu o Livro de Mórmon. Traduziu de uma língua desconhecida para o idioma em inglês, sem a utilização de dicionários ou traduções anteriores. Os nossos melhores tradutores na Igreja hoje em dia têm a habilidade de traduzir mais ou menos uma página por dia. Joseph traduziu em média 8 páginas por dia. Era constantemente atacado pelas pessoas. Tinha problemas com a sua família. Acabou o papel. Precisou mudar de um Estado para o outro. Teve que fazer copyright, recebeu mensageiros celestiais, e ainda assim traduzia de 8 à 10 páginas por dia. Elder Cook e eu já vimos o manuscrito do Livro de Mórmon. Não há qualquer marca de correção. (…) Hoje milhões de cópias foram distribuídas. Recebemos mais páginas de escrituras por meio do profeta Joseph que qualquer outro profeta que tivemos. Espero que leiam as escrituras para seus pequenos. E para seus pais e avós.

Eu me lembro do dia que voltei mais tarde para casa, vindo para o hospital, e acordei as crianças para ler as escrituras com elas. Minha esposa parece que não gostou muito da ideia, mas eu queria que eles guardassem a voz de seu pai lendo as escrituras para eles. Deem o exemplo de lerem as escrituras em voz alta para seus filhos. E quando crescerem eles serão bons leitores.

Ensine-os sobre os eventos maravilhosos da restauração. (…) João Batista restaurou o sacerdócio Aarônico em 1829. Não muito tempo depois Pedro, Tiago e João restauraram o sacerdócio de Melquisedeque. A autoridade que os apóstolos, os bispos, os professores, as presidências das moças são chamados. Eles recebem autoridade para agir pelo sacerdócio de Deus.

O lar deve ser um laboratório de amor e serviço. Eu espero que haja fotos na parede de sua casa. Fotos das crianças, de seus pais, de seus avós e até mesmo de seus bisavós. A família é uma unidade eterna. Aqueles que se qualificarem, as famílias poderão ser eternas. Faça de seus lares santuários de fé, lugares de amor e um refúgio das tempestades da vida. Eu espero que vocês tenham uma foto do templo em sua casa. Eu acho que não importa se é o templo de Campinas, de São Paulo, de Manaus ou Porto Alegre. E vocês terão mais templos no Brasil. Vocês já sabem disso. Rio, Belém e vocês terão mais. Ajude seus filhos a saberem que as maiores bençãos que irão receber virão do templo do Senhor.

Ajude seus jovens a servirem missão. Temos 70 mil missionários no mundo. Muitos deles servem no Brasil. Mas precisamos de mais missionários dignos. Ajude esses rapazes a serem capazes de fazerem a própria comida. De lavarem a própria roupa. E a aprenderem o evangelho de Jesus Cristo.

Eu sei que vocês ajudam seus jovens a guardar a palavra de sabedoria. Um repórter me perguntou hoje: “Como você pode estar tão bem com 94 anos?” (…) e eu respondi que nunca tomei bebida alcóolica, nunca tomei café ou fumei. Mas a palavra de sabedoria promete mais que saúde. Ele promete tesouros de conhecimento. Tesouros ocultos.

Eu sei que vocês ensinam seus filhos a viver o dízimo. Eu dei uma moeda de 5 centavos a uma menininha e ela me perguntou se eu poderia dar mais uma. Ela me disse: “Eu só sei pagar o dízimo de 10 centavos”.

Eu preciso contar uma coisa para vocês sobre minha esposa. Há muitos anos, logo no início de nosso casamento, o dinheiro que tínhamos não era o suficiente para pagarmos nossas dívidas. Então quando soubemos que o hospital precisava de sangue, e que pagava por ele, fomos direto para o hospital. E quando estavam tirando a agulha da minha esposa após a doação ela disse para mim: “Querido, não esqueça de pagar o dízimo do sangue que eu doei”. Desde então pagamos nosso dízimo honestamente e fomos muito abençoados por isso.

(…) Eu acredito que alguns dos filhos que vocês têm são uns dos mais brilhantes que já nasceram na Terra. Eu encontrei alguns essa manhã. (…) Eles merecem uma boa educação. E termos uma boa educação é um dever religioso. A glória de Deus é a inteligência. E essa educação é a diferença entre você querer ajudar alguém e conseguir ajudar alguém. Ajudem seus jovens a serem bons cidadãos brasileiros. Os ajudem a apoiar o governo. Nenhum governo é perfeito, mas precisamos ajudar. (…) Os membros não apenas obedecem a lei, mas tem o desejo de ajudar onde são necessários. Vivam o evangelho onde estiverem e serão abençoados por isso.

Agora eu sinto que devo deixar uma benção apostólica. Eu os abençoo irmãos e irmãs do Brasil, que se banqueteiam com a palavra do Senhor. Eu os abençoo para que recebam as bençãos do templo, e com alegria em seu trabalho, e com amor em casa. Casa haja uma doença entre vocês eu invoco uma benção de cura que seja de acordo com a vontade do Senhor e em conformidade com a fé de vocês. Deixo minha benção com vocês, juntamente com meu testemunho.

– Falando em português: Essas bênçãos que eu deixo sobre vocês com o meu testemunho em nome de Jesus Cristo. Amém.

O post Visita o Presidente Russel M. Nelson no Pavilhão de Exposições do Parque Anhembi em São Paulo. apareceu primeiro em Portal SUD.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *