Wizard lidera movimento para comprar e distribuir vacinas

O empresário Carlos Wizard Martins, controlador do grupo Sforza — dono da rede Taco Bell, Mundo Verde e sócio da IMC (Frango Assado) — está liderando conversas com um grupo de empresários para comprar vacinas para combate da covid-19.

O empresário reuniu-se com o secretário-executivo do Ministério da Saúde, Élcio Franco, para discutir como o setor privado poderá comprar as vacinas e depois distribuir no setor privado

O empresário Carlos Wizard Martins, controlador do grupo Sforza — dono da rede Taco Bell, Mundo Verde e sócio da IMC (Frango Assado) — está liderando conversas com um grupo de empresários para comprar vacinas para combate da covid-19.

O empresário, que atuou como conselheiro do Ministério da Saúde até junho do ano passado, reuniu-se com o secretário-executivo do Ministério da Saúde, Élcio Franco, para discutir como o setor privado poderá comprar as vacinas e depois pode distribuir no setor privado.

Segundo Wizard, um grupo de empresários do Sul, Sudeste e Centro-Oeste vai começar a negociar a compra de imunizantes para serem distribuídos a partir do segundo semestre. Wizard disse que o empresário Luciano Hang, dono da rede varejista Havan, está com ele nessa iniciativa. O dono da varejista foi internado com covid-19 em janeiro e sua mãe morreu devido a complicações da doença no início deste mês.

Segundo Wizard, as compras vão ocorrer depois que a imunização atingir boa parte do grupo de risco do país, estimado em 70 milhões de pessoas. “Foi o que o que conversei com o secretário Élcio Franco. Sou um soldado dele.”

Foto: Silvia Zamboni/Valor

O empresário não tem ideia ainda do número de doses que poderá ser adquirida, mas disse que quer acelerar o processo. “A gente entende que a máquina do governo é lenta por natureza. O empresariado tem condições de ajudar no processo. Nosso objetivo é agilizarmos a aquisição e distribuição pela parte da sociedade civil organizada. Ou seja, através das empresas, indústrias, laboratórios e redes de farmácias”, disse.

Os empresários vão comprar de diversos fornecedores, desde que aprovados pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

Vacinação em farmácias e laboratórios

O empresário disse que vai se encontrar, na próxima semana, com Hang para discutir como será a estratégia de compra e distribuição das vacinas. Segundo ele, as redes das principais farmácias e laboratórios vão participar da iniciativa.

“A vacina poderá ser vendida pelas redes de varejo farmacêutico e laboratórios para quem quiser comprar. Queremos dar autonomia para o consumidor.”

Nesta quarta, dia 24, o Senado aprovou projeto que viabiliza a compra de vacinas contra a covid-19 por empresas. Foi barrada a possibilidade, contudo, de que a iniciativa privada comercialize os imunizantes que adquirir, mesmo após vacinados os grupos prioritários.

Segundo Wizard, a aprovação do Senado ajudou a impulsionar a decisão do setor privado a tomar essa iniciativa. “Nosso grupo tem 100 grandes empresários. É um movimento nacional, com 15 Estados envolvidos até o momento.”

Fonte:
https://valor.globo.com/brasil/noticia/2021/02/25/wizard-lidera-movimento-para-comprar-e-distribuir-vacinas.ghtml

O post Wizard lidera movimento para comprar e distribuir vacinas apareceu primeiro em Portal SUD.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *